História 2018-08-21T14:13:23+00:00
www.fisan.com : fisan-logo-white-simple

História

História

Quando há 100 anos atrás, D. Fidel Sánchez decidiu transformar a tradição da matança e produção de presuntos e de enchidos para consumo próprio em um negocio familiar pequeno, apenas podia imaginar que estava semeando o germe de um projeto empresarial de uma família, que um século e três gerações posteriores vem crescendo, criando ilusões e projetos.


Nesse caminho de evolução situa-se FISAN permanentemente; pois o trabalho, a investigação e uma dedicação constante resultaram na única receita possível para conservar, neste tempos de mudanças e exigências crescentes, o sabor tradicional dos melhores ibéricos como o ideal. Como uma bandeira.

Instalações

Desde as instalações iniciais até a planta FISAN atual em Campillo de Salvatierra (freguesia situada a 200m de Guijuelo) mediam décadas de esforços e investimentos para conseguir unas instalações modernas e exemplares. Mesmo assim, conserva-se parte do charme original deste tipo de instalações, conservando a abertura e o fecho manual das janelas voltadas para a serra. Assim são entesouradas em todas a épocas do ano as condições climatológicas privilegiadas que Guijuelo oferece.

Dados de Superfície e Capacidade

0
Total de m2
0
Matadouro
0
Adegas
0
Secadouros

Guijuelo

Situado em uma zona cercada por três serras (Gredos, Béjar e de França), Guijuelo conta com um microclima próprio caracterizado principalmente por invernos longos, secos e frios, com uma temporada de "calor" baixa e seca. Esta idoneidade para a secagem e cura dos produtos cárneos fez, há mais de cem anos, que a produção de porco (especialmente presuntos) se consolidasse como o meio principal de desenvolvimento económico para esta zona de Salamanca, de acentuado carácter rural.

FISAN continua a fazer parte do conselho regulador da denominação de origem, pelas suas siglas em espanhol, C.R.D.O. “Guijuelo”.

Há 26 anos, D. Florencio Sánchez, em conjunto com outros empresários da comarca, decidiram unir as forças para criar o Conselho Regulador da Denominação de Origem Guijuelo, a veterana dentre as denominações de origem dedicadas ao ibérico na Espanha. FISAN apostou tanto por esta D.O. que durante a década dos anos 90, D. Florencio Sánchez pertenceu a esse Conselho. Através de dita instituição conseguiu não somente, elevar os padrões de qualidade dos produtos ibéricos de Guijuelo a um alto nível, mas também divulgar a imagem e o prestígio dos produtos produzidos na zona por todo o território nacional. Posteriormente, também, a nível internacional.

x

Le solicitamos que acepte las cookies con fines de rendimiento, uso de medios sociales y publicidad. Las cookies de medios sociales y publicidad de terceros se utilizan para promocionar funcionalidades de redes sociales y anuncios personalizados. Para obtener más información o modificar sus preferencias, pulse en el enlace "Más información".

¿Acepta estas cookies y el tratamiento de datos personales que conlleva?

Sí, acepto